Pesquisar este blog

Follow by Email

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Mudando o tom, para adaptar aos ouvidos atuais!

Meus desprezíveis petralhas, meu País sitiado, povo que me acompanha com um mínimo de indignação,

Eu fui agredida! Eu, tu, ele, nós, vós....todos os pronomes pessoais do caso reto estão sendo agredidos todos os dias!
Eu saio de casa na chuva, para encontrar militantes guerreiros no maior ponto de encontro para protestos da segunda maior cidade do País, e encontro? Aproximadamente, 50 pessoas. Destas, cada meia dúzia carregava uma causa diferente. Contra a Corrupção cada um tinha uma proposta diferente. Mas querem saber?
Nem nosso #euvotodistrital, que foi a causa que EU levei, nem #corrupcaocrimehediondo, nem #fichalimpa...NENHUM desses comove brasileiro. Sabem por quê? Porque não teve passagem no transporte público gratuita e nem sanduichinho no ônibus da excursão que proporcionou a muitos, um “dia fruitivo”.

Brasileiro gosta de música popular. Ontem não tinha.
Brasileiro gosta de brinde. Ontem não tinha.
Brasileiro gosta de PONTO FACULTATIVO para ir para passeata. Ontem foi feriado nacional.

A Filhinha de Papai aqui, só sabe querer um mundo melhor desde 1985. Defeito de nascença, adquirido sei lá de que parte da família, porque a única com esse grau de “otariedade” sou eu, confesso que ontem fui abatida por um belíssimo tiro moral do maior calibre que se pode imaginar. E só não desisti de uma vez por todas, porque tenho o privilégio de ter um verdadeiro companheiro, meu marido, que tenta me mostrar que meu bom coração tem um mínimo de valor.

Ontem, no ápice de meu pranto desesperado, porque se não lutar pela melhora do mundo em que vivemos e, principalmente, do País que chamamos de nosso, eu não sei viver, só me lembrava da célebre frase do famoso personagem “Coronel Nascimento”: “O sistema é muito maior!”.

E o sistema está mais “agigantado” do que jamais vi, em meus humildes 32 anos de vida! Nunca antes na história deste País, eu vi tanto desconhecimento de causa.
Nunca antes na história deste País, eu assisti a estudantes invertendo valores e defendendo a ditadura do dinheiro, enganados por um pseudo pensamento socialista.
Nunca antes na história deste País eu assisti a TANTA GENTE comprada! Os rabos foram presos com correntes tão resistentes, que até o mais inocente dos líderes tem medo, porque o inimigo mora ao lado.....e ele pode te "apagar"!

A “soldada” aqui foi ferida! Porém, com os curativos aplicados pelo meu próprio cinismo, hoje, reencontrei as forças para lutar. Por hora, mudo apenas de tom!
Momentos #prontofalei serão frequentes por aqui, agora.

Com a esperança de consciência coletiva e DE COLETIVIDADE,

Filhinha de Papai

Nenhum comentário:

Postar um comentário